“A SÉRIE DIVERGENTE: ASCENDENTE” NÃO SERÁ DIRIGIDO POR ROBERT SCHWENTKE CORRE! ASSISTA AO TRAILER FINAL DE “CONVERGENTE” + PRIMEIROS SPOTS SHAILENE WOODLEY, THEO JAMES E MILES TELLER FALAM SOBRE TERCEIRO FILME EM ENTREVISTA CONFIRA IMAGENS INDIVIDUAIS DOS PERSONAGENS EM “CONVERGENTE” E NOVO PÔSTER DO FILME VEM VER! NOVOS STILLS INCRÍVEIS DE “CONVERGENTE” SÃO DIVULGADOS
26.10 Abnegação

logopage

Nomeando as facções com Veronica Roth

        Já me perguntaram se eu inventei os nomes das facções. Eu não inventei, mas eu usei palavras não-familiares de propósito, por várias razões. Uma delas é que eu queria que a compreensão do que cada facção representa demorasse, assim você aprende bastante observando os nomes das facções. Outra é que as definições de palavras mais obscuras são mais específicas, de modo interessante. E a terceira é que – já que estamos sendo honestos aqui – elas tem um som mais legal.1380007_530821263676670_309888314_n

As pessoas comentaram também que os nomes das facções são classes gramaticais diferentes – três substantivos (Franqueza, Amizade, Abnegação) e dois adjetivos (Audácia, Erudição)*. (Só pra constar, eu adoro esse tipo de consciência gramatical.) Eu estou ciente disso, e é algo que eu pensei em revisões. O motivo disso é que cada facção escolheu seu nome independentemente, assim como escreveram seus manifestos independentemente, e formaram seus próprios costumes e regras independentemente (em uma certa medida, de qualquer forma). Com isso em mente, eu tentei escolher as palavras que faziam mais sentido para cada facção sem considerar muito as outras facções.

Abnegação: 1. recusar ou negar a si mesmo (alguns direitos, conveniências e etc.); rejeição, renúncia. 2. renunciar; desistir

VERONICA: Eu gosto dos verbos da primeira definição: “recusar,” “negar,” “rejeitar,” “renunciar” – formas ativas de privar as coisas da sua vida. O oposto de “renunciar,” “desistir” na segunda definição – as quais são mais passivas.

AS FACÇÕES

fcts

     Há décadas, nossos antepassados perceberam que a culpa por um mundo em guerra não poderia ser atribuída à ideologia política, à crença religiosa, à raça ou ao nacionalismo. Eles concluíram, no entanto, que a culpa estava na personalidade humana, na inclinação humana para o mal, seja qual for a sua forma. Dividiram-se em facções que procuravam erradicar essas qualidades que acreditavam ser responsáveis pela desordem no mundo.

Os que culpavam a agressividade formaram a Amizade
Os que culpavam a ignorância se tornaram a Erudição
Os que culpavam a duplicidade fundaram a Franqueza
Os que culpavam o egoísmo geraram a Abnegação
E os que culpavam a covardia se juntaram à Audácia

Trabalhando juntas, as cinco facções têm vivido em paz há anos, cada uma contribuindo com um diferente setor da sociedade. A Abnegação supriu nossa demanda por líderes altruístas no governo; a Franqueza providenciou líderes confiáveis e seguros no setor judiciário; a Erudição nos forneceu professores e pesquisadores inteligentes; a Amizade nos deu conselheiros e zeladores compreensivos; e a Audácia se encarrega de nossa proteção contra ameaças tanto internas quanto externas. Mas o alcance de cada facção não se limita a essas áreas. Oferecemos uns aos outros muito mais do que pode ser expressado em palavras. Em nossas facções, encontramos sentido, encontramos propósito, encontramos vida. Longe delas, não sobreviveríamos.

(DIVERGENTE. Capítulo 5. Páginas 48, 49 e 50)

1012715_530821237010006_651728763_n

ABNEGAÇÃO: O ALTRUÍSTA
Manifesto

Eu serei minha ruína
Seu eu me tornar minha obsessão.

Eu esquecerei aqueles que amo
Seu eu não servi-los.

Eu guerrearei com outros
Se me recusar a vê-los.

Portanto eu escolho me afastar
Da minha reflexão,
Confiar não em mim
Mas nos meus irmãos e irmãs,
Proteger sempre o próximo
Até que eu desapareça.*

(*Alguns membros adicionam uma linha final: “E apenas Deus permanece.” Isso é escolha de cada membro, e não é obrigatório.)

73279_530821217010008_597420184_n

•  Usam roupas muito simples, largas e cinzas, que não chamem atenção. Podem olhar-se no espelho apenas a cada três meses, para cortarem os cabelos.


Postado por: Matheus Fabbris //