“A SÉRIE DIVERGENTE: ASCENDENTE” NÃO SERÁ DIRIGIDO POR ROBERT SCHWENTKE CORRE! ASSISTA AO TRAILER FINAL DE “CONVERGENTE” + PRIMEIROS SPOTS SHAILENE WOODLEY, THEO JAMES E MILES TELLER FALAM SOBRE TERCEIRO FILME EM ENTREVISTA CONFIRA IMAGENS INDIVIDUAIS DOS PERSONAGENS EM “CONVERGENTE” E NOVO PÔSTER DO FILME VEM VER! NOVOS STILLS INCRÍVEIS DE “CONVERGENTE” SÃO DIVULGADOS
24.03 Veronica Roth fala sobre mudanças do filme e divisão do terceiro livro

ver

A Vulture conversou com Veronica Roth, a autora de Insurgente sobre as mudanças que os fãs estiveram falando sobre o filme recentemente, Roth comentou sobre algumas dessas mudanças e sobre a divisão de Convergente:
Sobre onde dividir “Convergente”:
“Eu não sei. Pra mim, é apenas uma história, porque se não fosse, eu teria dividido ela. [Risos.] Mas acho sim que Convergente tem dois enredos maiores, lidar com o que aconteceu no fim de Insurgente dentro da cidade, e o que acontece uma vez que eles conseguem sair dela. Tem alguns lugares onde eles poderiam dividir, mas não tenho certeza de como eles vão fazer isso nesse ponto. Estou curiosa para saber como vai ser!”
A saída deles da cidade acontece bem no começo do livro, então os produtores do filme teriam que aumentar essa parte significantemente. Talvez eles usem elementos como a Tris descobrindo que a mulher no vídeo é sua parente, como o que aconteceu no fim de Insurgente (livro).
Sobre como dividir a história funcionou com Harry Potter:
“Com Harry Potter e as Relíquias da Morte, era muito necessário, e talvez eu ache isso porque sou muito fã, mas acho que realmente funcionou. E cada uma das partes parecem completas. Quando eu vi a Parte 1, e Voldemort lança o feitiço que acende o céu, eu fiquei tipo “AI MEU DEUS! Isso é incrível!” Então nesse sentido, realmente funcionou. Eu acho que se decidem dividir algo, é porque é necessário para contar todo a história.”

Sobre a mudança no final do filme, Veronica, inicialmente, ficou surpresa com a pergunta (“O fim. [Risos.] Sério?”) antes de comentar:
“Hm, sim. Não acho que necessariamente eles estejam deixando a cidade. Tris certamente não saiu dela ainda, então essa parte da história ainda não aconteceu. Estou apenas especulando, eu realmente não sei o que eles vão fazer ainda, mas acho que eles ainda tem que lidar com aquilo. Porque tem muita coisa acontecendo naquela parte, antes que eles saiam da cidade e descubram o que tem lá fora. Acho que Tris ainda terá que passar pelos conflitos que estão acontecendo em Chicago, o que acontece quando Evelyn toma o poder. Mas eu achei que fez muito sentido ter um outro fim no filme, porque no livro, nós vemos apenas a visão da Tris, então não sabemos a reação dos outros cidadãos. Vemos apenas as pessoas que estão naquela sala com ela. Mas quando isso é exibido em um mundo maior, você pode mostrar outras coisas, como as pessoas que estão mais próximas à cerca que estão correndo em direção à ela, e isso faz sentido para mim, porque seria a primeira coisa que eu faria: “Ok, vamos ver o que tem lá fora!””
Convergente Parte 1 chega aos cinemas em Março de 2016 e a Parte 2 no mesmo mês em 2017.


Postado por: Anderson Vidal //

Entrevista

COMENTÁRIOS:
  • Jacqueline Robaina

    Eu amor a postura da Veronica em relação aos filmes. E digamos que ela tem certa compreensão de que a história saiu de sua cabeça e passou a ser de todos nós, e que suas intenções iniciais com a obra se transformaram numa coisa muito maior, inevitavelmente.

  • Maria Julia

    Acho bem liberal a postura dela a respeito dos filmes e nunca conheci uma escritora que participace tão abertamente das filmagens. Entendo o fim do livro, mas não aceito. Gostaria que nos cinemas eles mudassem algo. Sei que não seria tão emocionante e que teriam que fazer uma biiiig adaptação em tooodo o final. A única vantagem de ter essa distância gigante entre eles é o fato de que todos podem pensar juntos pra conseguir encontrar um final digno da saga.

  • Matheus Nogueira

    Não vão mudar o final, pelo amor de Deus! Sei que muita gente não gostou, mas faz muito, mas muito sentido tudo que aconteceu! A historia é perfeita… Insurgente ficou um filmaço, muito bem produzido.. mas as mudanças me decepcionaram.. devo admitir… talvez porque insurgente seja um dos melhores livros que já lí na vida! Espero que as mudanças parem por aí..

    • Maria Julia

      Matheus, eu concordo com você em partes. Acho que o final de Conergente foi mega master emocionante. Realmente não consigo imagina de outra forma. Mas acho que devido ao fato de milhares de fãs não terem ficados muito felizes com o final, talvez a produção do filme altere isso, já que muita gente disse que nem veria o filme pelo final do livro. Talvez se a mudança não seja feita, o filme não “chame público” o suficiente para ser o sucesso que eles esperam.

      • Lorena Rodrigues

        Maria, não acho q as pessoas deixem de ver o filme por causa do final, assim como eu não deixei de comprar e ler o livro mesmo sabendo o que aconteceria, é claro q é doloroso e a maioria não gosta nem aceita, mas como vc mesma disse não dá pra imaginar de outra forma, pq o final realmente condiz com a historia além de ter sido original e corajoso, admiro a Veronica por isso, e odeio tbm kkk O q eu acho é q provavelmente eles vão fazer o final ser bem mais grandioso do q foi no livro, fazendo ela ter uma morte épica, ao contrario da forma “boba” do livro.

        • Sabe quem sou eu?

          Ou!No livro ela não teve uma morte boba!Pelo contrário!A morte dela foi justamente o que ela “queria”.Ela morreu para salvar Caleb,como seus pais fizeram com ela.Mas eu LITERALMENTE não consigo pensar um final diferente para o filme…

          • Lorena Rodrigues

            Quando eu digo “boba” é em relação a forma como ela morreu, baleada por um cara numa cadeira de rodas, quando ela já tinha sobrevivido a tantas outras situações muito mais perigosas. Agora quanto ao porque de ela ter morrido foi um grande sacrifício, não foi o que ela queria mas o que ela precisava, por todas as pessoas que morreram por ela, pra alcançar redenção e perdão, e não foi só pelo Caleb, foi por todo mundo.

          • Sabe quem sou eu?

            Bom,você não deixa de ter razão…Eu sabia que você ia brincar comigo pelo que postei,eu só queria te testar!Mas é!Voce falou uma coisa que eu não tinha percebido…Ela PRECISAVA daquilo,ela precisa tanto quanto “queria”.

          • Sabe quem sou eu?

            “Eu sabia que você ia”BRIGAR”comigo.
            Digitei errado…

      • Sabe quem sou eu?

        Acho que se as pessoas gostaram de Divergente,Insurgente e se gostarem de Convergente parte 1,vão assistir o filme,sabendo do final ou não.

    • Sabe quem sou eu?

      Se mudarem vai virar um Percy Jackson da vida!

  • Ana Luana

    Perfeito, só acho que… nada. Ta tudo acontecendo da maneira perfeita.

  • Lorena Rodrigues

    Agora fiquei um pouco mais calma kkkk, no final do filme fiquei “wtf!? mas pra onde essa gente toda tá indo?”. Veronica tem razão o livro é so na visão da Tris e o filme na de todo mundo.

  • Livia Santos

    que dia sai a versão dublada do filme insurgente

  • Sheila Cardoso

    Eu sei que é um pouco tardio, mas terminei de ler convergente hoje.. Chorei horrores com relação ao final (que eu ja sabia) mas também com toda a magnetude que o mesmo envolveu.. Sim é triste, sim eu nao concordo com o final.. Nao conseguimos imaginar um final diferente porque é o final existente e mais condizente com a situacao no momento em que ela se encontrava com a ideia fixa de os pais da se sacrificaram por amor a ela e de como isso era digno e bla bla bla. O que nao justifica… Como muitos ja disseram Eu entendo o final do livro e toda a mensagem que o mesmo quis passar.. Mas jamais conseguirei aceitar

    • Sabe quem sou eu?

      Eu lio que você postou!!!

    • Kizuki AD

      dou-te razão linda eu fiquei chocada, magoada sei la :s acabei de o ler ontem mas n sabia o final dai fiquei triste para caraças e ainda tenho meus olhos inchados e parvo como um simples livro ou filme ou etc… nos põem sensíveis ^^”””

    • Bg2

      Então leia tolkien , ai sim verá , uma história da sua vida!
      #sóisso

      • Emily Caroline Kommers Pereira

        <3 Tolkien é vida^^

  • Mônica

    Eu queria que eles cancelassem essa ideia de 2 filmes para o ultimo livro. A bilheteria menor que Divergente nesse segundo filme podia ajudas eles a pensar nisso.
    Acredito que quem assistir a primeira parte, que ou eles modificam muita coisa, ou vai ficar muitoooo parada, não vai aguentar esperar um ano para o final.

  • Sabe quem sou eu?

    Acho que sei onde vão separar os filmes…Acho que é na hora que a Tris fica sabendo que a Evelyn acaba com as facções…Se não me engano ela não sabia até o meio do livro…

  • Fernanda lisboa

    Cara o livro estaria perfeito se a Tris ñ morresse
    Mta gente deve ta odiando essa ideia de que a Tris morre no livro e se a veronica colocar que ela morre no FILME o povo morre do coração mas tbm seria mt chato ela morrer por causa daqurle filho da mae do David isso e o que eu acho so minha opiniao

  • Douglas Ruan

    Eu odiei a Jeanine ter morrido, fiquei muito triste e com raiva, sinceramente nao gostei…
    Eu acho muito boa a personagem e gosto de como e fria e rude.

  • Carolina

    Na boa, eu só sei que vou chorar até 2050 com o fim do filme Convergente!

  • Evelyn Joray

    A trilogia é maravilhosa, mas o fim é um absurdo!
    Nada haver ela morrer no fim, depois de tudo que ela passou e sobreviveu.
    Bem que no filme ela poderia sobreviver, acho que seria o ideal, e tenho certeza que muitos querem isso.
    Tris e Tobias tem que ficar juntos no final!

  • julyana

    O que gente a tris não pode morrer, se ela morrer fica sem graça o filme fica chato não faz sentido isso.
    Não se ela morrer meu coração vai parar na hora, todo mundo vai morrer, isso não pode acontecer.

  • ThaísFelix

    Li o comentário da autora, e compreendo, mas não aceito.

    Pois como uma colega disse, a morte é o caminho mais fácil para
    o final, ninguém quer sair de casa para assistir um dos personagens que mais
    amamos morrer, é um final horrível e devastador. Ao meu ver como é uma ficção o
    final deveria ser melhor expressado e deixar que o par romântico ficasse juntos
    no final.

    Para Tris alcançar o seu melhor não precisaria morrer, não
    precisava provar que amava o irmão morrendo, o amor dela pelos outros era muito
    visível e não tem dúvida sobre isso, e o pior de tudo foi ela morrer com a
    droga de um tiro. Esse final foi bem cruel, por tantas coisas inimagináveis que
    ela passou e não morreu e a autora resolve matar ela com um tiro, dói de mais
    saber que vou assistir um filme em que o final será triste, é cruel.

    Se existir a possibilidade do roteirista do filme nos
    surpreender com um final melhor seria o ideal, e alias porque não, já que em
    INSGURENTE para quem leu o livro, não seguiram nada ao pé da letra. Ainda me
    resta um pinguinho de esperança para que mantenham a Tris viva.

  • Bryan Henrique Cruz Souza

    eu acredito que irão dividir na explosao que deixa o uriah em coma, parece uma divisão boa para mim, pois fica bem no meio do livro e daria para deixar um ”gostinho” para o proximo filme, adaptando grande parte do livro. outra coisa: com certeza eles na parte 1 irão sair da cidade, pois ja ha atores para o Mathew, a Nita e o David. se eu fosse adaptar o livro, dividiria nesta parte.

  • johnwillax

    “Eu acho que se decidem dividir algo, é porque é necessário para contar todo a história” Não, não é! Insurgente sim deveria ser dividido em duas partes, a estória é muito mais complexa, apesar que achei incrível como resumiram bem no filme, mas Convergente é entediante na primeira parte do livro, poderiam resumir muuuito bem a tediosa explicação GD e GP e cortar metade do mimimi entre Tobias e Tris que já teria enredo suficiente para 2 horas de filme! #minhaopinião

  • Reinaldo Nunes

    Eu vejo que o filme melhorou algumas partes, porém piorou outras.
    Por exemplo, no primeiro livro a Jeanine mal aparece como vilã. Já no filme enalteceram essa parte, para ficar claro que ela era a vilã, apesar de uma vilã bem fraca.
    No segundo livro ficam falando da caça aos divergentes e tudo mais, para matá-los, porém no filme a busca pelos divergentes se dá porque eles tinham a chave para um segredo, que era aquela caixa lá (que no livro nem se quer aparece isso).
    Já pelo que vi de Convergente, a história foge bastante. No livro o Diretor não mandou ninguém caçar a Tris e matar ela. No filme já tem essa parte. Aquela cena de guerra com as navezinhas também nem existe no livro. Considerando, é bem provável que no último filme a Tris permaneça viva e junto com Tobias.